23-06

 

Para um parasita tão persistente, e pontualmente perigoso, como é, o piolho acaba por ter um genoma bem simples. É pelo menos isso que diz o investigador Barry Pittendrigh, da Universidade do Illinois, nos EUA, que coordenou a sequenciação do genoma do Pediculus humanus humanus de seu nome científico. (Diário de Notícias)



publicado por Correio da Educação às 12:26
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds