28-03

 

A ministra da Educação, Isabel Alçada, considerou "condenável" a revogação da avaliação dos professores por parte da oposição parlamentar. Por sua vez, a FNE considerou que não se deve desperdiçar o trabalho feito e defende que, no futuro, o novo modelo de avaliação seja "formativo" e elaborado por "forças políticas, organizações sindicais, investigadores e comunidade científica". (Público)

 


tags:

publicado por Correio da Educação às 11:59
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

6 comentários:
De Anónimo a 4 de Abril de 2011 às 20:54
Quem deveria ser avaliada era a senhora ministra.
Quem disse que estamos satisfeitos com o seu desempenho?


De maria a 4 de Abril de 2011 às 22:30
pior era impossível...


De cristina a 6 de Abril de 2011 às 08:43
...Pois e se houver supervisão, com supervisores formados para tal, ou que seja externa,porque pares...jamais


De Rosinda Ferreira a 7 de Abril de 2011 às 16:46
Já que a FNE propõe tantos intervenientes (forças políticas!!!!... etc.) na concepção de outro modelo, eu pergunto: "Há aí algum espaçozinho para professores?"


De china wholesale a 7 de Maio de 2012 às 07:14
Por sua vez, a FNE considerou que não se deve desperdiçar o trabalho feito e defende que, no futuro, o novo modelo de avaliação seja "formativo" e elaborado por "forças políticas, organizações sindicais, investigadores e comunidade científica".


De iocean x7 a 21 de Maio de 2013 às 08:01
How do you feel the trading of electronic products in 1949, you will be a rich very very good content of this site?


Comentar post

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds