18-05

 

Uma obra didática, aprovada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e distribuída por mais de 4000 escolas brasileiras, está a causar polémica por nele se defender a validade da norma popular na comunicação.
Em Por uma Vida Melhor, de Heloísa Ramos, defende-se que a ideia de correto e incorreto no uso da língua deve ser substituída pela ideia de uso da língua «adequado e inadequado», segundo a situação de comunicação, e nele afirma-se: «Você pode estar se perguntando: "Mas eu posso falar 'os livro'?". Claro que pode.» (Estado de São Paulo)

 



publicado por Correio da Educação às 10:27
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds