13-06

* Teresa Martinho Marques

 

Chegou entusiasmado, desejando partilhar:
– Oh, professora, pensei no desafio e construí o meu relógio com o Scratch.
– Boa! E então como foi? Como fizeste?
– Bem, eu fiz o relógio e o ponteiro dos segundos (eram dois sprites) e pensei que o ponteiro depois de rodar tinha de esperar um segundo, claro. Mas depois o ângulo é que demorou mais a descobrir!
–Conta lá!
Era o final da aula de Estudo Acompanhado, e o F. contava-me a história a mim e ao professor de Língua Portuguesa:
– Então, aquilo quando começa tem sempre 15 graus na instrução de rodar, mas achei que era muito e mudei para 10. Experimentei mas não deu. Depois experimentei um grau por cada segundo. Era pouco e não dava. Fui experimentando e acabei por chegar a seis graus, que é o valor certo para o relógio funcionar.
– Então porquê?
A minha cabeça ia já a mil, apercebendo-me do problema matemático que havia estado à sua mão de resolver… se eu estivesse perto dele tê-lo-ia colocado a pensar no assunto: – Vamos lá pensar juntos.
O professor de Língua Portuguesa começava a ficar entusiasmado com o rumo da conversa… E foi ele quem perguntou: – O relógio é o quê?
– É um círculo…
– Sim, e então quantos graus tem uma volta completa?

Via-se através dos olhos e das mãos a cabeça do F. a trabalhar… Ele ia dizendo em voz alta: – Ora assim é 90 graus, depois fica 180…
– E? E? – Nós quase sem resistir…
– Ao todo 360 graus…
– Pois… Então… Quantos segundos numa volta completa?
– São 60… Ah! Dividia-se 360 por 60!
A descoberta…
– Por isso é que me deu 6 graus. 6 x 60 dá 360! Era mais fácil!
– Pois… A Matemática tem esta forma interessante de nos ajudar nos momentos mais inesperados. Através dela é posssível fazer atalhos elegantes aos caminhos e não usar apenas métodos por tentativas. Mas, neste caso, também é bom ensaiares e depois perceberes a possibilidade de existência de outros caminhos! Foi óptimo o que fizeste! E, vês, acabaste por descobrir uma outra forma de resolver o problema. Se puderes, escreves as notas do projecto – como fizeste as tuas descobertas – para eu ficar com elas?

 

 

Com alguns anos de diferença... Eis a história da I. Com uma professora presente e mais experiente para a apoiar (em vídeo, aqui).
Esta é uma entre as imensas actividades que o ambiente gráfico de programação Scratch permite. Não há limites de tema, forma, idade do programador e suas características. A seu tempo partilharemos mais informação e outras conversas de aprender... Aqui podem encontrar-se muitos exemplos de projectos que nos abrem o apetite.
Fica o desafio!

 

* EB 2,3 de Azeitão e CCTIC – ESE/IPS: http://projectos.ese.ips.pt/cctic/ e http://eduscratch.dgidc.min-edu.pt/



publicado por Correio da Educação às 10:59
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

54 comentários:
De Valdemar Sousa a 2 de Setembro de 2011 às 08:24
Muito obrigado pelos esclarecimentos. Realmente, ao reler o artigo é que me apercebi que a situação narrada tinha decorrido em EA.
Já agora, ao desenvolver este tipo de actividade, não sentiu que o currículo devia prever ainda mais espaço para a inter e transdisciplinaridade?

Um bom ano lectivo para si!


De Teresa Marques a 2 de Setembro de 2011 às 10:33
100% de acordo...
Andamos a "ministrar" saberes arrumados em gavetinhas e em vez de repensarmos o currículo nessa direcção, fechamos oportunidades como era, na minha opinião, AP...
Muitas vezes trabalhei com o Scratch em AP interligando saberes de todas as áreas nos projectos desenvolvidos pelos alunos...
Enfim...
Um bom ano para si também!


De mcdonalds toy manufacturer a 20 de Maio de 2015 às 08:09
nice post, I can see your point, it's very different from others, good work, thanks for sharing, please keep updating.


De apple replacement parts a 25 de Agosto de 2015 às 10:25
nice work, I can see your point, I can't agree with you more! By the way my iPhone screen need repair,I found replacement part on net, do you know other better store?


De digitizer replacement a 25 de Agosto de 2015 às 10:42
nice work, I can see your point, I can't agree with you more! By the way my iPhone screen need repair,I found replacement part on net, do you know other better store?


De football field lights a 18 de Dezembro de 2015 às 02:27
Almost covers has any category of home needs, so, for emerging LED Enterprise for, through electric commercial set brand, has became has LED electric commercial development of must trend.


De stadium lights a 18 de Dezembro de 2015 às 02:38
The rapid growth of online shopping for the LED lighting industry sales channels provide a new possibility. Therefore, exploring the road of LED lighting industry, e-commerce is very important.


De zapya for pc free download a 9 de Agosto de 2016 às 10:37
great post thanks for share


Comentar post

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds