27-10

O Governo admitiu a não abertura de alguns Cursos de Educação e Formação por falta de dinheiro para os financiar, mas garante que um terço das turmas na região de Lisboa e Setúbal poderá arrancar em Novembro. Esta informação foi dada durante uma audição na Comissão de Educação e Ciência, no Parlamento, em que a secretária de Estado do Ensino Básico e Secundário, Isabel Leite, afirmou que o Governo está apostado na qualidade da formação prestada, mas que o país atravessa uma situação de “emergência dramática”, por causa da dívida pública. (Público)


tags:

publicado por Correio da Educação às 10:01
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds