16-06

1. Para que servem os exames escolares? O decreto nº 18:884, de 27 de Setembro de 1930, abria com uma resposta: “os seus objectivos consistem principalmente em fazer justa selecção dos alunos e fiscalizar e orientar o ensino.” Ultrapassada tal resposta, dividem-se as mentes pelas alternativas.
A imprensa tem noticiado a sua chegada por estes dias. E alunos, professores, pais, todos nós, sentimos um calafrio perante esse evento ou qualquer recordação sua, guardada no canto da memória. No meu caso, lembro-me particularmente do primeiro, o da 4ª classe, por ser feito na vila e me obrigar a sair de casa, e o último da licenciatura, por arrastar um novo ciclo de vida.
Tem-me impressionado, ultimamente, o regresso daquilo que “O Comércio”, já desaparecido, introduziu na década de sessenta: a publicação do enunciado e das soluções. Até o Expresso noticia, “Correcção dos exames nacionais […] em www.expresso.pt/examesnacionais”.
Naquele tempo, eram grandes mestres que elaboravam tais soluções, alertando, à laia de desculpa, para o facto de os alunos não usufruírem dos materiais e da serenidade em que as realizaram. Esse alerta era para examinadores, pois muitos não passavam sem para elas lançarem os olhos… (
leitura integral)

________________________
*J. Esteves Rei - Professor Catedrático de Didáctica das Línguas e de Comunicação, na UTAD, Vila Real.

 



publicado por Correio da Educação às 14:56
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds