07-11

As escolas estão a identificar cada vez mais alunos com carências alimentares, aos quais procuram dar resposta, apesar das dificuldades orçamentais. De acordo com a Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação, as receitas de bufetes e papelarias das escolas estão a sofrer uma quebra de 30 por cento. Os alunos não só têm cada vez menos dinheiro para gastar na escola, como em muitas situações chegam mal alimentados. (JN)


tags:

publicado por Correio da Educação às 10:28
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds