23-02

Cerca de 2400 técnicos dos Centros Novas Oportunidades já perderam ou poderão estar em vias de perder o emprego, alerta o presidente da Associação Nacional de Profissionais da Educação e de Formação de Adultos.
Este dirigente lembra que, desde o final de Dezembro, pelo menos 116 centros já fecharam portas: 51 afetos ao Instituto de Emprego e Formação Profissional, 20 ligados ao Ministério da Educação e Ciência e 45 que não se candidataram a financiamento. A estes irão juntar-se os mais de 100 a quem foi recusado financiamento, em Janeiro. (Público)


tags:

publicado por Correio da Educação às 14:43
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds