28-10

Apesar das exigências dos sindicatos para que o processo seja suspenso, o presidente do Conselho das Escolas defende que este não é o momento para abandonar o modelo de avaliação dos professores, até porque, defende, «sem avaliação não há progressão».

 

Em declarações reproduzidas pela Rádio Renascença, Álvaro Almeidas Santos afirma acreditar que os directores das escolas estão a cumprir a lei, recordando que há um calendário a cumprir. (Diário Digital)


tags:

publicado por Correio da Educação às 17:06
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds