19-10

Durante a apresentação de um novo programa de educação, o presidente de França, François Hollande defendeu que os trabalhos «devem ser feitos na escola e não em casa». E justificou que assim se quer pôr fim a algumas desigualdades educacionais, já que nem todos os pais têm a mesma disponibilidade e instrução para apoiar os filhos nas tarefas propostas pelos professores.
A medida de Hollande não é inédita e até está legalmente instituída em França desde 1956, apesar de nunca ter sido aplicada. Da mesma forma, desde 2001 que o ministério da Educação belga proibiu os trabalhos de casa até aos oito anos e reduziu-os a 20 minutos por dia nos anos seguintes até um máximo de meia hora para os mais velhos. (Público)



publicado por Correio da Educação às 10:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds