16-06

 

“16 - Junho (sábado). Um pássaro canta no espaço da mata. Canta como louco na radiação do sol. […] Ninguém lhe deve prestar atenção a não ser eu. Não liga importância canta, à mesma, pela pura necessidade de existir. Um dia acabará o seu destino e deixará de cantar. Mas uma tarde de sol, hoje, comigo aqui, ocasional ouvinte, ele explicou a alegria da vida que passou por ele – já tão eterno como os deuses quando era costume existirem.” (Vergílio Ferreira, Conta-Corrente 2)


publicado por Correio da Educação às 16:32
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds