Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

Os professores que ao longo dos últimos dois anos “não investiram seriamente” no novo programa de Matemática para o ensino básico, que foi generalizado a todo o país em 2010/2011, “terão tido uma desagradável surpresa” esta sexta-feira.
Segundo a Associação de Professores de Matemática, foi grande a quantidade de questões da prova de aferição do 4.º ano, realizada por mais de 110 mil alunos, que apela a conteúdos e competências que antes não eram valorizadas. “A prova está bem estruturada, não é demasiado longa, tem questões muitíssimo interessantes e não é difícil – mas apercebi-me, pela reação de colegas que se mostraram pessimistas em relação aos resultados, que nem todos os professores adotaram plenamente o novo programa”, disse Helena Amaral, da APM. (Público)

32 comentários

Comentar post

Pág. 1/2