Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

Um geneticista da Universidade de Stanford, nos EUA, refere que o ser humano passou por mutações genéticas que resultaram na perda de capacidade intelectual ao longo dos milénios. Segundo Gerald Cabtree, o cérebro humano precisa de milhares de genes para ser formado e simples alterações podem causar grandes problemas no processo de assimilação de conhecimento.
O cientista que lidera um laboratório de genética salientou num estudo – intitulado «O nosso frágil intelecto», publicado na «Trends in Genetics» – que a inteligência humana atingiu seu ápice há milhares de anos, e tem diminuído desde então, porque a vida tem sido simplificado ao longo dos anos. (Ciência Hoje)

174 comentários

Comentar post

Pág. 14/14