28-10

Escritora e pedagoga, divulgadora de literatura para crianças, editora, propagandista republicana e principal dirigente e ideóloga do movimento feminista em Portugal nas duas primeiras décadas deste século, Ana de Castro Osório é filha do conservador do registo predial, e depois juiz, João Baptista de Castro e de Mariana Osório de Castro Cabral de Albuquerque. Pertencendo a uma família de juristas e oriunda de um meio socioeconómico onde raramente as mulheres trabalhavam, até porque "era uma ofensa aos costumes e preconceitos" (Beirão, 1935), mas usufruindo de um ambiente cultural privilegiado, Ana de Castro Osório torna-se, desde muito cedo, numa figura interveniente e de grande prestígio, dividindo a sua atividade entre a literatura e a participação pedagógica, cívica e política, convivendo com os principais dirigentes republicanos e a generalidade dos escritores seus contemporâneos.

Leitura Integral

 

«OSÓRIO, Ana de Castro», João Esteves, in António Nóvoa, Dicionário de Educadores Portugueses, Porto, Edições Asa, 2003: 1019 - 1026, com adaptações.



publicado por Correio da Educação às 15:08
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds