Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

 

 

1) Como caracteriza o ensino em Portugal nos últimos anos?

 

Apesar de ainda haver um longo caminho a percorrer temos hoje uma escola melhor, uma escola “para todos”, em detrimento de uma escola que apenas tinha como objetivo principal fornecer as bases para a formação de um pequeno número de alunos que pretendiam prosseguir estudos.

 

2) Que propostas sugeria para melhorar o ensino em geral e o da sua área disciplinar em particular?

Uma prioridade seria aumentar a carga horária da componente letiva destinada à Matemática, uma vez que a carga horária atual é manifestamente insuficiente para consagrar as opções didáticas específicas da disciplina; contudo este acréscimo de trabalho letivo não será viável sem um ajuste da carga horária da componente letiva de cada disciplina.

 

3) Como é que o funcionamento das escolas pode ser melhorado?

Em primeiro lugar é urgente uma desburocratização da escola. Os professores precisam de tempo para discutir metodologias a implementar, para refletir sobre a sua prática, para trabalhar colaborativamente com os colegas com o principal objetivo de melhorar a qualidade do ensino-aprendizagem.

4) A profissão de educador parece ser cada vez mais complexa, desgastante, exigente, excessiva… qual é a sua perspetiva sobre esta questão?

A sociedade está mais complexa, desgastante, exigente, excessiva, a escola é e será sempre um espelho da sociedade, consequentemente um espelho dos seus problemas.

 

5) Como aperfeiçoar a articulação escola-família e fomentar o envolvimento dos pais na escola?

A maioria dos pais só se envolverá mais na escola se acreditar no papel que a escola tem na sociedade. No entanto, para que tal aconteça é necessário que a sociedade desenvolva um esforço conjunto nesse sentido.

 

6) Que medidas se podem tomar para combater a indisciplina e o insucesso escolar?

Os pais devem passar a ser seriamentente responsabilizados pelas ações dos seus educandos.

 

7) De que forma é que as novas tecnologias poderão contribuir para um melhor ensino?

As tecnologias vieram para ficar, e de forma alguma já não podem ser consideradas “novas”, os alunos atuais já não conhecem uma sociedade sem tecnologia. A integração da tecnologia como recurso didático é fundamental para o desenvolvimento do ensino e aprendizagem. No entanto, este acréscimo de trabalho letivo não será viável sem um ajuste da carga horária da componente letiva de cada disciplina.

 

8) Qual a importância que atribui, agora e no futuro, ao manual escolar no ensino?

O manual deve ser um excelente instrumento de trabalho que integre um resumo preciso do conjunto de tópicos presentes no currículo, sempre disponível para o aluno esclarecer as suas dúvidas, aprofundar o seu conhecimento e desenvolver a sua autonomia.

 

9) Na sua perspetiva, como vê o futuro do ensino da sua área disciplinar?

Apesar de a escola estar a passar por um período conturbado, considero que o ensino e a aprendizagem da Matemática têm vindo a melhorar significativamente. Contudo, ainda há muito para fazer. É essencial continuarmos a combater o insucesso na disciplina de Matemática, para tal é fundamental que o Ministério da Educação continue a colaborar com os professores de Matemática.

 

10) Como presidente de uma associação de professores, quais as resoluções que estão a ser tomadas noutros países para fomentar o ensino da sua área disciplinar, que poderiam ser aplicadas em Portugal?

Há muito que defendo que mais importante do que olhar para as resoluções que estão a ser tomadas noutros países, devemos fazer um diagnóstico sério no nosso país e daí tomarmos as medidas adequadas aos nossos problemas.

 

11) Quais as três medidas que implementaria de imediato, se fosse ministro da Educação?

Esta resposta só tem sentido se assumirmos que estamos a falar numa situação ideal. Diminuiria o número de alunos por turma, desburocratizava a escola, diminuía a componente letiva dos professores, por forma a permitir que os professores tivessem mais tempo para investir na sua prática letiva.

 

12) Que mensagem/conselho gostaria de deixar aos pais, professores e alunos?

A escola é, em termos individuais, a porta para o sucesso de cada um e consequentemente para o desenvolvimento da sociedade.

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2